Saiba quais os exames importantes quando chegamos aos 40

Com o passar dos anos, os homens e as mulheres vão passando por transformações hormonais e ambientais que vão afetando pouco a pouco o funcionando do corpo humano. Inclusive, o alto nível de estresse presente no dia a dia, a falta de uma dieta balanceada e o sedentarismo são algumas das principais causas dos males que começam aparecer a partir de uma certa idade.

Por isso, médicos recomendam que, além de trabalharem para ter uma vida mais saudável (com uma dieta saudável e a prática de exercícios físicos),  deve-se visitar regularmente profissionais da saúde para os famosos check-ups.

É desta maneira que será possível prevenir muitos problemas de saúde e garantir que quando eles apareçam sejam detectados ainda em fase inicial e tenham mais chance de resolução.

Mas você sabe quais são os exames essenciais para garantir que a sua saúde aos 40 anos de idade? E se eles são os mesmos para homens e mulheres? Qual é a frequência que cada um deve ser feito? Saiba em detalhes neste post!

ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC) E DE CIRCUNFERÊNCIA ABDOMINAL

O IMC auxilia a verificar predisposições para a obesidade e quando o ganho de peso realmente pode começar a se tornar perigoso. O grande problema é que essa condição tão comum no Brasil (a obesidade afeta 19% dos brasileiros e o sobrepeso 54%, de acordo com a Organização Mundial da Saúde) está relacionada ao aparecimento de várias outras doenças como hipertensão, diabetes e AVCs. Assim, como o acúmulo de gordura na região abdominal. O indicado é refazer esse exame a cada dois ou três anos, ou sempre que houver um acréscimo de peso maior.

PRESSÃO ARTERIAL

A pressão arterial é algo que, se estiver fora dos padrões, pode causar problemas sérios ao organismo. Por isso recomenda-se que anualmente seja feito um teste para medir como está esse indicador. Uma leitura abaixo de 12/8 está boa, acima de 14/9 gera preocupações. O intervalo entre elas é algo que os médicos consideram como “pré-hipertensão”.

ULTRASSOM DAS CARÓTIDAS

Para cuidar da sua saúde aos 40 anos, cardiologistas recomendam que os homens façam um ultrassom das carótidas para avaliar como está o fluxo sanguíneo para do coração para o cérebro, se há coágulos ou obstruções. Ou seja, é um exame essencial para mostrar a pré-disposição de um indivíduo para derrames. Após esse primeiro exame, a frequência será recomendada pelo médico e será de acordo com outros fatores de saúde do paciente.

ANGIOTOMOGRAFIA CORONÁRIA

Esse exame deve ser feito aos 40 anos e depois precisa ser refeito a cada cinco anos – ou mais dependendo da orientação médica. A angiotomografia analisa a o músculo cardíaco e detecta flacidez ou rigidez excessiva, que pode indicar a predisposição a um ataque cardíaco no futuro.

COLESTEROL E GLICEMIA

Um simples exame de sangue consegue detectar anormalidades nos níveis de colesterol (que podem levar a doenças cardiovasculares) e de glicemia (que indica pré-disposição ou aparição de diabetes). Por isso, é recomendado que, a partir dos 40 anos, esse exame seja feito anualmente.

Dica extra: os exames para verificar a incidência do câncer de próstata (um dos tipos mais comuns de câncer nos homens) eram pedidos pelos urologistas a partir dos 45 anos, mas recentemente começaram a ser pedido para homens acima dos 50 anos. No entanto, se há casos de histórico na família, a recomendação de fazer a Análise Antígeno Prostático Específico (PSA), permanece para os 45 anos.

A partir dos 50 anos é interessante acrescentar à lista os exames de pressão ocular (para glaucoma), conoloscopia e o autoexame de pele para verificar mudanças em pintas ou aparecimento de manchas.

Exames essenciais para mulheres com mais de 40 anos

MAMOGRAFIA

Dados recentes do Instituto Nacional do Câncer apontam que uma em cada dez mulheres deve ser diagnosticada com câncer de mama. Por isso, o diagnóstico precoce é fundamental para aumentar as chances de cura e garantir o melhor tratamento possível. A partir dos 40 anos (ou antes de acordo com recomendação médica por fatores genéticos) as mulheres devem realizar anualmente o exame de mamografia.

DENSITOMETRIA ÓSSEA

Esse exame é fundamental para a detecção precoce da osteoporose e deve ser realizado a cada dois anos. Essa doença não costuma aparecer antes dos 50 anos, mas é interessante que aos 40 anos comece-se a controlar os índices para que se tenha dados para serem comparados mais tarde. Além disso, mulheres que tiveram a menopausa antes dos 50 devem buscar esse tipo de exame mais cedo. Afinal, uma das principais mudanças desta fase é a perda significativa de densidade das estruturas ósseas.

PAPANICOLAU

Esse exame é indicado pelos ginecologistas para pacientes acima dos 18 anos. No entanto, a partir dos 30 e 40 anos, a incidência de miomas e outras doenças relacionadas ao útero podem facilitar o aparecimento do câncer cervival. Por isso, realizar anualmente o papanicolau junto com outros exames ginecológicos de rotina é essencial para a prevenção ou um diagnóstico precoce.

EXAME DE COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS

Exames de colesterol e triglicerídeos são simples, mas uma excelente maneira de detectar indicativos de predisposição para doenças cardíacas, como infartos e hipertensão. Eles devem ser realizados anualmente.

TIREÓIDE

Uma anormalidade na tireóide pode ser responsável por um ganho de peso excessivo ou uma dificuldade em ganhar massa. Essa condição fica três vezes mais comum em mulher acima dos 40 anos de idade. Por isso, é fundamental analisar os hormônios T3, T4 e TSH para garantir que estão dentro do recomendado.

Dica extra: outros exames recomendados entre os 40 e os 50 anos são os ergométrico,  glicemia e o autoexame de pele para verificar mudanças em pintas ou aparecimento de manchas.

 

*Da redação com informações da Sidesc

Envie seu comentário

%d blogueiros gostam disto: